A partir de 500 euros de encomenda* um magnum oferecido dentro de 4 grandes vinhos, com o código : BLACKWEEK20 *Não cumulável com outras promoções e excluindo os vinhos em primeur.

Dom Pérignon : Vintage 2008

video screenshot
990 € C/IVA 165 € / Unidade
  • Entrega gratis à partir de 300€ de encomenda
  • Pagamento seguro
  • Garantia e autenticidade dos produtos
Outras colheitas
O equilíbrio alcançado de um Dom Pérignon potente
Cada ano, recriar a exceção, ser actor de uma nova ambição criativa, buscar o ideal, é o que Dom Pérignon Vintage 2008 simboliza.

O tempo forja a identidade do Dom Pérignon, as preciosas garrafas só são apresentadas depois de longos anos passados na frescura e escuridão das caves de giz. A maturação das garrafas nas borras permite que o Champagne Dom Pérignon transforma-se pouco a pouca para se desenvolver, alcançando diferentes fases de plenitude e revelando o espírito que anima o DNA de Dom Pérignon.

É após de mais de oito anos de elaboração que Dom Pérignon Vintage 2008 entra na luz. A primeira expressão de Dom Pérignon, o Vintage 2008, apresenta um equilíbrio perfeitamente alcançado, uma harmonia deslumbrante.

O ano de 2008 conheceu condições climáticas complicadas, com um céu de chuva, cinzento, assombrado, caprichoso ... mas em setembro a situação inverteu-se e o milagre ocorreu!

Para Richard Geoffroy, o Chef de Caves que entrou na casa em 1990, "Dom Pérignon libera a colheita de 2008, liberando-a de uma leitura literal dos preceitos do champanhe".

A singularidade do 2008 completa brilhantemente uma década generosamente soalheira. O resultado é champanhe que desenvolve uma acidez nítida e um "novo" equilíbrio, que apresenta um bouquet rico e complexo combinando aromas de flores brancas, frutas cítricas e frutas de caroço. Notas de menta e anis completam as notas de especiaria e de torrados do final de boca.
Parker : 95+ / 100
J. Robinson : 18,5 / 20
Wine Advocate-Parker :
The finest release of this iconic cuvée since the 1996 vintage, the 2008 Dom Pérignon wafts from the glass with an incipiently complex bouquet of Meyer lemon, green apple, dried white flowers and oyster shell, with only subtle hints of the smoky, autolytic aromas that have been such a prominent signature of recent releases. On the palate, the wine is medium to full-bodied, deep and complete, its notable flesh and amplitude controlled by incisive acids, with a youthfully exuberant but elegant mousse and a long, beautifully delineated finish. Considering the sheer size of this cuvée, it's a remarkable achievement and a fitting release with which to conclude Richard Geoffroy's tenure as chef de cave. Given the 2008's intensity and balance, I suspect purists will be anticipating later disgorgements with lower dosage and more time on the lees with particular enthusiasm. Tasted three times, with consistent results.
Champagne
Alcool
12.5

Grape varieties
Pinot Noir/Chardonnay

Dessert wine
Nao

Environment
Respeitoso da natureza

J. Robinson
18,5

J. Suckling
98

Vinous - A. Galloni
98

Country
França

Wine certification
AOC

Regiao
Champagne

Denominações
Champagne

Cor
Branco

Productores
Dom Pérignon

Sweetness
Brut

Classificaçao
Grand cru

Parker
95+

Alergenos
Contém sulfitos

1.1.3