Transporte gratis para a sua primeira encomenda com o código* - BEMVINDO *oferta reservada para novos clientes, e fora das entregas de vinhos em primeurs.
TrustMark
4.72/5
RP
96
JR
18
BD
19
Château Lafite-Rothschild 2005
Vinhos raros

Château Lafite-Rothschild 2005

1er cru classé -  - - Tinto
Detalhes do produto
7140,00 € C/IVA
595,00 € / Unidade
Escolho a quantidade e/ou o tamanho de garrafa
  • delivery truckEntrega gratis à partir de 300€ de encomenda
  • lockPagamento seguro
  • checkbox confirmGarantia e autenticidade dos produtos
Ficha de identificação de
Château Lafite-Rothschild 2005
Neste ano de muito grande Cabernet Sauvignon e Petit Verdots, o roupão Lafite-Rothschild 2005 tem um carácter de profundidade e intensidade cromática. O nariz é intenso, delicado, subtil e de grande complexidade, com um relevo frutado e, por definição, amplo. O paladar é muito limpo com uma certa linearidade desde o início (o ataque) até ao final. Um é cativado, literalmente varrido por esta torrente de sensação e complexidade. O palato médio sobe no poder, crescendo na espessura da estrutura, da matéria e do poder gustativo. Este Pauillac é da raça das grandes garrafas. A força do acabamento precede um belo comprimento com notável densidade e uma rara elegância inscrevendo este Lafite-Rothschild 2005 no panteão de grandes garrafas que contam numa década como num século.
Notas de prova
Château Lafite-Rothschild 2005
badge notes
Parker
96
100
badge notes
J. Robinson
18
20
Wine Advocate-Parker :
Having tasted the 2005 Château Lafite-Rothschild several times both blind and non-blind, it comes across as a First Growth politely requesting more time to settle. Here, from an ex-château bottle tasted in Bordeaux, it delivers that graphite, pencil-box bouquet that unfurls gradually in the glass, biding its time, graceful but not intense. Parallel to some of its fellow 2005s, it is developing a little more spice, namely thyme and sage, than I recall. The palate is medium-bodied and beautifully balanced, to wit, a sophisticated Pauillac that priorities elegance and poise over intensity of fruit--in keeping with Lafite Rothschild's style. You come away with the sense that it will take its time and decline, giving away a great deal in its primacy, even if it is still more approachable than the 2005 Latour for example. Therefore, I would be inclined to set this aside for several more years. Tasted November 2014.
1.9.0